Fim da linha! Aranha deixa a Ponte

0

A segunda passagem do goleiro Aranha terminou de maneira oficial hoje. O diretor de futebol Ronaldão disse em pronunciamento no centro de treinamento do Jardim Eulina que não houve acordo amigável entre as partes, e por isso o contrato será rescindido de forma unilateral.

“A saída do atleta é um acordo do clube, que passa por uma reformulação. É um período de mudanças financeiras e a rescisão teve que ocorrer”, comentou Ronaldão.

O diretor explica que não houve desrespeito com o atleta, que a saída se deu pelo quadro econômico delicado que a Macaca vive. “Aranha sempre foi um grande companheiro, um grande profissional e um grande ídolo. Às vezes a rescisão acontece de forma traumática para a torcida, mas ele sempre foi tratado com dignidade dentro da Ponte Preta”, concluiu.

O vínculo do Aranha com a Ponte iria até o fim de 2019 e ele tinha direito a receber aproximadamente R$ 3,5 milhões, entre salários e outros benefícios, além de pagamentos em atraso da temporada passada. Como o jogador não vai mais continuar no clube, deve entrar na Justiça para cobrar os respectivos valores.

Aos 37 anos, Aranha deixa a Macaca como o segundo goleiro que mais vezes vestiu a camisa alvinegra – atrás apenas de Carlos Gallo. Em 209 partidas, o ídolo foi vice-campeão paulista em 2008 e 2017, quando foi eleito o melhor arqueiro do estadual.