Fernando Bob entra na Justiça contra a Ponte Preta e reivindica R$ 1,5 milhão

0
Foto: Pedro SArdelli (reprodução Band)

A novela enter Ponte Preta e Fernando Bob ganhou mais um capítulo na Justiça. O ex-volante da Macaca, atualmente jogando nos Estados Unidos, protocolou uma reivindicação judicial de R$ 1,5 milhão. As informações são do jornalista Elias Aredes do Portal Só Dérbi.

A ação, registrada no dia 28 de junho, cobra pendências salariais da Ponte Preta com o atleta no período de fevereiro a dezembro de 2017.

Segundo o documento, o salário de Fernando Bob na Ponte Preta de R$ 105 mil registrados na carteira de trabalho e R$ 70 mil em direitos de imagem. De acordo com a ação, a Macaca não honrou com os vencimentos de quatro meses: setembro, outubro, novembro e dezembro, totalizando uma dívida de R$ 280 mil.

“(…)Como salário, ficou acordado que o Reclamante receberia a importância de R$ 175.000,00 (cento e setenta e cinco mil reais). Todavia, o reclamado impôs que parte deste valor seria paga por fora, por meio de um famigerado Direito de Imagem, o que será melhor abordado em tópico específico. Desta forma, no Contrato Especial de Trabalho Desportivo constou salário de R$ 105.000,00 (cento e cinco mil reais) e no famigerado Contrato de Imagem o valor de R$ 70.000,00 (setenta mil reais). Vale ressaltar que o Reclamante sempre cumpriu de forma exemplar suas obrigações contratuais, se dedicando aos treinamentos e jogos(…)”, relata o trecho da ação assinada pelo advogado João Henrique Chiminazzo, representante de Fernando Bob.

A Ponte Preta só irá se manifestar após a notificação oficial da Justiça.