Falta de água, jogadores gripados e coletiva expressa: o pós-jogo de Ponte e Figueirense

0
Foto: Pontepress

A Ponte Preta venceu o Figueirense por 1 a 0 na noite desta quinta-feira, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 16ª rodada da Série B. O gol da Macaca foi marcado por Diego Renan.

ESPEL ELEVADORES

A segunda vitória consecutiva da Ponte, no entanto, foi pouco comemorada no estádio do Figueirense. Isso porque os jogadores foram surpreendidos com a falta de água no vestiário e aceleram a ida para o hotel após a partida.

O Figueirense tem sofrido com problemas financeiros e isso gera repercussão até no funcionamento do Orlando Scarpelli. Durante a semana jogadores da base ficaram sem transporte e o elenco profissional não se concentrou para a partida contra a Macaca.

Outra informação confirmada por Jorginho na coletiva foi que sete jogadores do plantel alvinegro estavam gripados, entre eles os titulares Marquinhos e Matheus Vargas. “Nós tivemos quatro mudanças para esse jogo e com sete jogadores gripados. Não esperávamos essa situação e ainda precisamos substituir por lesão no caso do Tiago Marques. Foi uma vitória de superação”, explicou o treinador da Macaca.

Jorginho foi rápido na coletiva e respondeu quatro perguntas em cinco minutos. Até pela pressa do plantel para se dirigir ao hotel, o comandante da Macaca enfatizou a boa atuação dos laterais. “O Trevisan e o Diego Renan fizeram um grande jogo e nós fomos beneficiados com isso. O gol deu tranquilidade para equipe e passamos a ter a situação controlada durante toda partida”, reiterou.

Comente com seu Facebook