Fabrício prega respeito ao Boa e revela abatimento com críticas: ‘Até duas rodadas nós servíamos’

0
Foto: Letícia Martins/Guarani FC

Uma das lideranças do atual grupo do Guarani, o zagueiro Fabrício concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, 17, na Sala de Imprensa do Estádio Brinco de Ouro e rebateu as críticas que o elenco tem sofrido após os tropeços recentes contra São Bento e Avaí.

“É claro que quando a derrota chega não tem como não ficar triste, mas eu acredito no nosso grupo. Temos capacidade total. Até duas rodadas nós servíamos e o bom do futebol é que ele te dá toda semana uma oportunidade de reverter o quadro”, disse Fabrício.

Mesmo com o lanterna da competição pela frente, o zagueiro bugrino pregou respeito ao Boa Esporte e pediu atenção na partida de Varginha. “Foi difícil contra os times de cima e não vai ser diferente contra o Boa. Sabemos da dificuldade que vamos enfrentar e vamos tentar ajustar os erros que ficaram no passado”, ressaltou.

Diferente do goleiro Agenor, que se esquivou sobre o respaldo do presidente ao técnico Umberto Louzer, Fabrício reiterou que escolheu jogar no Guarani pelo respeito que tem com o atual comandante. “Desde que cheguei aposto muito no Umberto e no grupo. Temos um time novo, mas capacitado e não será pelos últimos revés que nosso objetivo vai mudar. Tenho certeza que o Guarani estará na briga até o final”, completou.

 

Comente com seu Facebook