Experiência x conhecimento de casa: Brigatti e Chamusca acirram disputa nos bastidores da Ponte Preta

0

por júlio nascimento

Os bastidores da Ponte Preta estão movimentados e agitados desde a demissão de Doriva, ontem a tarde, após nova derrota na Série B do Campeonato Brasileiro. Parte da alta cúpula defende a efetivação de João Brigatti, mas a outra parte quer a contratação de um treinador mais experiente e reforça o pedido por Chamusca.

O que pesa favoravelmente ao interino João Brigatti é o conhecimento da casa e domínio sobre o vestiário. Ex-goleiro da Macaca e auxiliar fixo do clube, Brigatti sempre é chamado para apagar o incêndio e motivar os jogadores em momentos de transição no comando técnico. No entanto, ele aguarda uma efetivação há mais de um ano e se coloca à disposição para o desafio.

A inexperiência como técnico em competições como a Série B freiam a empolgação de parte da diretoria por Brigatti. Neste caso a contratação de um treinador acostumado a disputar a competição, como o caso de Marcelo Chamusca, é vista como mais coerente. O ex-treinador de Guarani e Ceará conquistou o acesso com a equipe de Fortaleza na temporada passada e está no mercado.

Chamusca e Brigatti são as possibilidades mais viáveis neste momento no Majestoso, mas outros nomes não são descartados e serão avaliados pelo presidente Abdalla Junior nos próximos dias. A ideia é definir um treinador antes mesmo da partida contra o Oeste, sábado, pela oitava rodada da Série B.