Tiago Orobó foi confirmado como novo reforço para a Ponte Preta na última semana. O atacante de 26 anos alcançou a marca de artilheiro do Brasil antes da parada da pandemia quando atuava pelo América de Natal antes de se transferir para o Fortaleza.

Orobó foi contratado pelo time potiguar quando Waguinho Dias, ex-Ponte Preta, estav ano comando da equipe. “Eu estava no América de Natal e procurava um atacante. Eu não conhecia muito dele, fui buscar informações e fui informado que era um jogador muito dedicado. Um jogador com extracampo excelente, de muito treino e que precisava melhorar os aspectos de finalização”, explicou em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Waguinho Dias acredita que a voluntariedade vai ser fundamental para Orobó em sua passagem pelo Moisés Lucarelli.

“Eu tenho oito anos de Ponte Preta e sei muito bem o que exige o torcedor. Por ser uma torcida que gosta quando o jogador se dedica, se entrega e tem garra sem bola perdida isso já é um passo muito grande. Acredito que a voluntariedade é uma das principais características do Orobó”, completou.

No América foram 14 gols em 20 jogos disputados. Depois no Fortaleza de Rogério Ceni foi acionado em oito partidas com apenas um gol marcado nesta temporada.

No entanto, segundo Waguinho Dias, Orobó ainda precisa melhorar a finalização nas partidas.

“Quando ele chegou no América ele me confidenciou que jogou em várias funções no ataque, mas que preferia jogar na segunda extrema e jogar como segundo atacante. Então nós passamos a trabalhar o posicionamento dele como jogador de referência, principalmente para melhorar o cabeceio, deixando ele com essa característica também”, finalizou.

Foto de Diego Simonetti/América FC

Comente com seu Facebook