17 de maio de 2021.

Data que marca oficialmente o encerramento da carreira de Roger como jogador de futebol.

O atacante foi um dos principais nomes do futebol campineiro nos últimos anos protagonizando histórias por Ponte Preta, Guarani e Red Bull (antes da transferência para Bragança Paulista).

Nesta segunda-feira, em entrevista coletiva, Roger oficializou o término da carreira de atleta e que assumirá a gerência de futebol da Inter de Limeira – seu último clube.

ESTREIA NO DÉRBI
Roger estreou como profissional justamente no dérbi. Ele estava no banco da Ponte Preta e entrou no intervalo no lugar do volante Romeu no Moisés Lucarelli. A Macaca, comandada por Abel Braga, foi derrotada naquele 14 de junho de 2003 por 2 a 0 com dois gols de Rodrigão para o Bugre.

PRIMEIRO GOL
O primeiro gol de Roger ocorreu no dia 6 de julho de 2003. Ele marcou um dos quatro gols da Ponte Preta contra o Vitória no Barradão. Jean (duas vezes) e Romeu também marcaram.

PONTE PRETA
Roger registrou cinco passagens como jogador da Ponte Preta: 2003-05, 2007, 2012, 2016 e 2019-20. Com a camisa da Macaca, seu clube do coração, foram 201 jogos e 67 gols marcados.

ARTILHEIRO DO SÉCULO
Em 2019, durante partida contra o Figueirense, Roger marcou seu 60º gol pela Ponte Preta e se tornou o artilheiro do século do clube. O pódio é composto por Roger (67 gols), Washington (59) e Renato Cajá (44). Já na artilharia geral o ex-centroavante aparece na 13ª posição atrás de Damião e Jorge Mendonça que marcaram 70 gols pelo clube.

GUARANI
O ex-camisa 9 também atuou com a camisa do Guarani. Em 2010, Roger foi contratado pelo Bugre e aparecia como artilheiro do Brasileirão com seis gols em seis jogos. Após a paralisação para a Copa do Mundo da África, o atacante foi negociado com o Kashima Reysol e deixou o Brinco. Em 2012 recebeu proposta para retornar ao time alviverde após convite de Marcelo Mingone, mas optou por jogar na Ponte Preta.

TERCEIRO TIME EM CAMPINAS
Roger também chegou a atuar pelo Red Bull Brasil quando o clube-empresa ainda estava em Campinas. Foram 11 gols em 15 jogos pelo Toro Loko no Paulistão de 2016.

OUTROS CLUBES
Roger também acumulou passagens por São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Sport, Fluminense, Botafogo, Vitória, Athletico Paranaense, Chapecoense, Bahia, Internacional, Ceará, Operário e Inter de Limeira. Fora do país atuou no japonês Kashima Reysol e no futebol sul-coreano com o Suwon Bluewings.

Foto de Álvaro Jr/Pontepress

Comente com seu Facebook