Estreia de Marcelo Cabo deve ser marcada por mudanças no Bugre

0
Marcelo Cabo e Luciano Dias conversa com o auxiliar fixo do clube, Humberto

Em dois dias de trabalho, o técnico Marcelo Cabo já mostrou seu cartão de visitas: participativo, cheio de energia e disposto a mexer na equipe. Está sendo assim o trabalho do novo comandante que vem tentando atender àquilo que a diretoria esperava com a troca da comissão técnica. Os dirigentes alviverdes esperavam um choque no elenco e uma injeção de ânimo nos atletas.

Além de afastar quatro peças: o lateral esquerdo Gilton e os atacante Rentería, Claudinho e Felipe Pará, os dirigentes alviverdes ainda buscam reforços. O nome da vez é do lateral esquerdo Vítor Braga, que recentemente rescindiu contrato na justiça com o Bragantino. O clube precisa de um jogador que atue pela esquerda, já que o prata da casa Salomão é o único especialista no setor. No primeiro esboço do time titular, Marcelo Cabo imporvisou Richalyson na lateral esquerda.

Os dirigentes alviverdes também não descartam a contratação de mais um atacante. Com três jogadores da posição fora dos planos, o time busca um jogador de velocidade para o setor.

O setor ofensivo foi outro que teve alteração depois da chegada do novo comandante. Caíque, Bruno Mendes e Rafael Silva formaram o trio de atacantes no primeiro time titular do treinador.