Emprestado ao Coritiba, João Vítor rescinde com a Ponte e clube enfrenta nova polêmica financeira

0

Fora da realidade financeira da Ponte para a temporada 2019, o volante João Vítor virou pivô de mais uma polêmica envolvendo cifras no clube. O jogador, que tinha contrato com a Macaca até o final do ano, estava emprestado ao Coritiba, onde era titular absoluto e um dos destaques do time.

ESPEL ELEVADORES

Num acordo desde o início do ano, João Vitor tinha metade dos seus salários pagos pela Ponte e a outra metade custeado pelo Coritiba.

De acordo com informações do site globoesporte.com de Curitiba, o Coxa repassada o valor do salário à Ponte, que tinha a responsabilidade de passar o vencimento ao jogador. No entanto, a Ponte estaria pagando o salário de maneira integral há 4 meses, fato que motivou o volante a entrar na Justiça contra o clube campineiro e conseguir a rescisão de contrato. Ainda de acordo com a reportagem, o Coritiba tenta firmar um novo contrato com João Vìtor, mas atleta e clube ainda não chegaram a um acordo; o jogador estaria pedindo um salário acima do que o time paranaense está disposto a pagar.

A Ponte Preta se manifestou sobre o caso, informou que a parte devida do Coritiba nunca deixou de ser paga ao jogador e que “por decisão judicial, era descontado deste valor a pensão alimentícia devida ao atleta”. A Ponte também discorda do tempo, afirma que são 3 meses e não quatro. Mas o clube confirma que nos últimos 90 dias não pagou a parte que lhe cabia dos salários de João Vítor e que tentava resolver o problema junto ao atleta, que optou em procurar a justiça.

João Vítor defendeu a Ponte Preta entre os anos de 2016 e 2018. Na primeira temporada, ele foi um dos principais destaques do time na campanha histórica de melhor do clube na história dos pontos corridos da Série A do Brasileiro (time ficou em 8º lugar). Em 2017, o atleta praticamente não atuou, sofreu com 2 graves lesões e passou por 2 cirurgias. No ano passado, João Vítor voltou aos gramados e foi titular em quase metade dos jogos da Ponte no Brasileiro da Série B.

Comente com seu Facebook