Em meio à crise, jogadores do Bugre chamam responsabilidade

0
Fumagalli fez pronunciamento prometendo mais trabalho para Bugre voltar a vencer

A reapresentação do elenco do Guarani na tarde desta segunda-feira foi marcada por um fato inusitado: um pronunciamento de alguns líderes do time. O meia Fumagalli, o zagueiro Ewerton Páscoa e o volante Baraka foram até a sala de imprensa afirmar que os jogadores têm grande parcela de culpa pela falta de resultados e que o técnico Marcelo Cabo vem fazendo um bom trabalho no comando alviverde.

ESPEL ELEVADORES

Sentindo o momento conturbado que o clube vive por causa da brusca queda de rendimento no segundo turno da série B, os jogadores prometeram trabalhar ainda mais para tirar o time da incômoda ameaça de rebaixamento.

Além disso, o trio pediu o apoio do torcedor para ajudar o time a sair desta situação.

A declaração incomum surge após rumores de que a relação entre os jogadores bugrinos não era das melhores. Além disso, na semana passada, o presidente do clube, Palmeron Mendes Filho, disse que se o time não vencesse o Criciúma, Marcelo Cabo seria desligado do comando. Após o empate com a equipe catarinense no último sábado, a diretoria do clube resolver manter o treinador.

Comente com seu Facebook