O volante Dawhan vive cenário de indefinição sobre seu futuro na Ponte Preta.

O atleta de 25 anos recebeu uma proposta do Cruzeiro na última segunda-feira para sequência da Série B.

O time mineiro, entretanto, não fez contato direto com a Macaca e espera que o estafe de Dawhan consiga a liberação direta com os dirigentes alvinegros para se livrar da multa rescisória – já que enfrenta situação financeira delicada.

O departamento de futebol da Ponte Preta ainda bate o pé sobre uma liberação sem compensação financeira. Mas o próprio cenário de bastidores da Macaca pode ajudar Dawhan a conseguir a rescisão de forma amigável nos próximos dias.

O técnico Gilson Kleina evitou dar detalhes sobre a situação envolvendo o volante, mas elogiou Dawhan e disse ser compreensível outros clubes estarem interessados no jogador.

“Vamos conversar sobre o que está acontecendo e saber a situação do Dawhan com o interesse do Cruzeiro. Ele é um grande jogador e chama atenção mesmo”, se limitou a dizer o técnico da Macaca.

Dawhan fez seis jogos na Série B e se enfrentar o Brasil de Pelotas na sexta-feira ficará impedido de mudar para um clube da mesma divisão.

Foto de Diego Almeida/Pontepress

Comente com seu Facebook