Diretoria do Guarani enfrenta dificuldades no mercado

0

por júlio nascimento

A diretoria do Guarani enfrenta dificuldades para qualificar a equipe de Umbeto Louzer na Série B do Campeonato Brasileiro. Após as saídas de Lenon, emprestado ao Vasco da Gama, e Pedro Bortoluzzo, devolvido ao São Paulo, o Bugre não anunciou peças de reposição.

O alvo para a lateral direita é Alemão. O jogador, que pertence ao Internacional, estava emprestado ao Paraná, mas por problemas de grupo foi devolvido ao clube gaúcho que abriu negociações com o Guarani. O impasse, no entanto, é quanto a divisão dos salários do jogador.

O Internacional tem interesse que o Guarani arque com 100% dos salários de Alemão – hipótese descartada pela diretoria do clube campineiro. As conversas não foram encerradas, mas o Bugre trata a negociação com cautela devido ao histórico recente de fracassos em negócios.

Para o ataque, principalmente para a reserva de Bruno Mendes, Pedro Bortoluzzo havia perdido espaço para Anselmo Ramon. O problema é que, além de sofrer com um problema no tornozelo, o contrato do centroavante termina em 20 dias e ainda não foi iniciada uma conversa para renovação contratual.

O Guarani ainda avalia o mercado em busca de um zagueiro, preferencialmente canhoto, mas não encontrou nenhum nome que gere consenso entre comissão técnica e o departamento de futebol.