A nova derrota na Série B do Campeonato Brasileiro poderá causar mudanças profundas na Ponte Preta. Até mesmo a permanência do técnico Gilson Kleina não está assegurada. Após a partida contra o Vitória, o comandante da Macaca desabafou e disse estar focado na partida contra o Goiás, mas internamente sua presença na sexta-feira não está garantida.

Há uma insatisfação enorme sobre o trabalho desenvolvido por Kleina após 13 rodadas. A equipe conseguiu apenas uma vitória na Bezona na partida diante do CSA. Com nove pontos, o time alvinegro divide o posto de lanterna com o Londrina.

Por outro lado, a diretoria da Macaca também está preocupada em não repetir o erro após a saída de Fábio Moreno: a dificuldade em encontrar um substituto. Nomes no mercado agradam como Pintado e Thiago Carpini, além de Umberto Louzer, balançando no Sport.

No entanto, o departamento de futebol quer uma reação imediata dentro do campeonato e vai discutir se o caminho para isso é uma reciclagem na metodologia de Gilson Kleina ou a troca do estafe para sequência da competição.

Foto de Diego Almeida/Pontepress

Comente com seu Facebook