Desempenho no dérbi 195 pode selar permanência de Carpini no Guarani

0
Foto: David Oliveira/Guarani FC

O presidente do Guarani evita falar em efetivação. A estratégia de aliviar a pressão sobre Thiago Carpini tem funcionado e os resultados tiraram a equipe da zona de rebaixamento e deixaram muito próximo de confirmar a permanência na Série B.

ESPEL ELEVADORES

“Interino permanente”, Carpini tem mais de três meses no cargo e 16 jogos até o momento. Seus métodos e resultados surpreenderam Ricardo Moisés e o Conselho de Administração. Sua permanência para o ano que vem é discutida há certo tempo e um bom desempenho no dérbi 195 pode selar sua renovação como treinador principal.

Carpini tem 54% de aproveitamento desde que assumiu o Guarani na partida contra o América. Conquistou 26 de 48 pontos possíveis em 16 partidas: oito vitórias, dois empates e seis derrotas.

Após tirar o Bugre do calvário da zona de rebaixamento – onde estava há 12 rodadas -, recuperar atletas encostados e manter um nível de aproveitamento acima de 50%, o treinador passou a ganhar respaldo dos torcedores e dos diretores.

O baixo custo da comissão técnica aliado aos bons resultados apresentados até o momento motivam Ricardo Moisés para continuar apostando em Thiago Carpini, mas sem esquecer da necessidade de reforços dentro e fora de campo pensando no Campeonato Paulista.

A definição dos novos integrantes do departamento de futebol é uma das prioridades da diretoria. Isso será feito quando a equipe alcançar matematicamente sua permanência na Segunda Divisão do futebol nacional. O Bugre tem 39 pontos e deve se salvar com 42 pelo atual aproveitamento dos integrantes do Z4.

Comente com seu Facebook