Derrota para Figueirense “aperta” matemática do Guarani no final do 1º turno da Série B

0

Perder 3 pontos no Brinco de Ouro para um adversário direto ao acesso não estava no cronograma do Guarani. Além do time continuar a uma distância significativa do G-4, o revés diante do Figueirense deixou o time mais pressionado para buscar a pontuação ideal antes de terminar o primeiro turno da Série B.

A ideia do técnico Umberto Louzer é encerrar as primeiras 19 rodadas com uma faixa entre 30 e 32 pontos. Isto significa que, nas 3 últimas partidas do primeiro turno, o Bugre não poderá mais perder. Na próxima terça, a equipe enfrenta o Paysandu em Belém; depois, encara o Brasil-RS no Brinco de Ouro e no dia 3 de agosto encerra a primeira metade da competição diante do Londrina fora de casa. Como o Guarani está com 23 pontos, o time precisa de 3 vitórias para alcançar os sonhados 32, ou 2 resultados positivos e um empate para pelo menos somar 30 pontos.

A meta estipulada pelo técnico Umberto Louzer está baseada no que aconteceu no encerramento do primeiro turno da Série B de 2017. O América-MG (que terminou como campeão) somou 36 pontos ao final das 19 rodadas; o Internacional conquistou 33; os outros 2 times que estavam no G-4, Vila Nova e Ceará, tinham 32 e 31 pontos respectivamente. Ao final da Série B, destes 4 times, apenas o Vila Nova ficou pelo caminho e o Paraná ficou com uma das vagas de acesso.

Vale lembrar que o Bugre terminou o primeiro turno de 2017 com 28 pontos, na sexta colocação.

O Paraná, quarto colocado em 2017, terminou a Série B com 64 pontos. Ou seja, virar o turno com 32 é fazer exatamente a metade da pontuação necessária, se o número persistir este ano. Mas, assim como o futebol, a matemática das competições dificilmente é idêntica de um ano para o outro. Há times que surpreendem na reta final, outros que começam bem e perdem fôlego ao longo da competição (como foi o Guarani em 2017). O mais importante é continuar perseguindo a parte de cima da tabela e, para isto, só há uma solução: não parar de somar.

 

Comente com seu Facebook