#DérbiNaBand: PM promete rigorosidade na segurança e aposta em câmeras para vigiar torcedores

0

A Polícia Militar de Campinas prometeu um forte esquema de segurança neste sábado durante a cobertura do dérbi 193. A PM projeta lidar com aproximadamente 13 mil torcedores do Moisés Lucarelli, mas sem deixar de vigiar outros pontos da cidade que vão receber concentrações das duas torcidas.

ESPEL ELEVADORES

“Haverá por parte da Polícia Militar atuação no sentido de captar imagens e providências legais dentro do que prevê o Estatuto do Torcedor e posterior remessa ao Ministério Público e da Federação Paulista de Futebol”, explicou o Baep em nota à imprensa.

Lindomar José Vedolin e Marcelo Tasso representaram os dois times na última reunião no Baep para decidir o esquema de segurança. Ambos foram avisados que os policiais vão agir com rigor para coibir qualquer provocação e não vão aprovar atos que possam interferir no andamento da partida.

A PM reiterou que há uma recomendação para que a torcida pontepretana evite a fixação de cartazes de provocação ao Guarani. Outra advertência foi para evitar atitudes parecidas com a de Giba Moreno, integrante do Conselho de Administração do Guarani, para não utilizar canais de comunicação como forma de provocação ao rival.

Os clubes também foram comunicados que a projeção é que as duas delegações cheguem ao Moisés Lucarelli juntas. A ideia foi repetida nas duas edições do ano passado como forma de evitar hostilidade contra o time visitante e não causar maior desordem.

Comente com seu Facebook