#DérbiNaBand: clássico de sábado terá pelo menos 20 estreantes

0

Quando Leandro Vuaden apitar o início do Dérbi, às 19h de sábado, no Brinco de Ouro, ele não será o único estreante na maior rivalidade campineira. Pelo menos 19 dos 22 jogadores em campo devem viver o ambiente do clássico pela primeira vez. As quedas do Bugre para a Série A2 e Série C nos anos anteriores fizeram com que uma das maiores rivalidades do Brasil fosse arquivada por cinco anos.

A Ponte Preta, visitante no reencontro do clássico, é quem tem mais estreantes. Serão pelo menos dez jogadores independente da equipe que Doriva aposte. Apenas o zagueiro Renan Fonseca já foi relacionado para o Dérbi quando foi revelado, mas não entrou em campo. O goleiro Ivan também chegou a disputar o Derbinho, mas como profissional será o primeiro encontro com o Bugre.

Na equipe de Umberto Louzer, a projeção é de que o time titular tenha nove estreantes. O volante Baraka, que disputou o último Dérbi em 2013 com a Ponte Preta, e o atacante Bruno Mendes, que vai para o terceiro clássico da carreira, sabem a dimensão da partida contra a Macaca.

No apito também haverá estreante. Vuaden foi selecionado para apitar o clássico pela primeira vez. Será a primeira vez desde 1998 que um árbitro fora de São Paulo será o responsável por comandar Guarani e Ponte Preta. O último foi Antônio Pereira da Silva de Goiânia na 1ª fase do Brasileirão de 98. O Guarani venceu por 2 a 0 com gols de Barata e Paulo Isidoro.

A partida entre Guarani e Ponte Preta terá transmissão da Rádio Bandeirantes AM 1170. A programação especial começa no sábado, a partir das 10 horas, com convidados especiais. #DérbiNaBand 

Comente com seu Facebook