#DérbiNaBand: Doriva pede respeito ao Guarani, mas quer Ponte agressiva no Brinco de Ouro

0

O técnico Doriva foi cauteloso e misterioso na coletiva antes do jogo que será determinante para o seu futuro na Ponte Preta. O comandante da Macaca não revelou a escalação que colocará em campo na partida de hoje, às 19h, no Brinco de Ouro, contra o Guarani, pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A provável escalação tem Ivan; Igor, Renan Fonseca, Reginaldo e Orinho; André Castro, Paulinho e Tiago Real; André Luis, Danilo Barcelos e Felippe Cardoso. “Eu já tenho o time definido. Felizmente o Orinho foi absolvido e Roberto entrou no BID. São mais opções para agregar de início ou durante a partida. O mais importante é ter todas possibilidades de estratégias”, disse Doriva.

O treinador lamentou a punição do STJD que proíbe a presença de torcedores da Ponte no clássico. “O Dérbi tem uma história rica e de grandes públicos. Com certeza nossos torcedores usariam a capacidade máxima, mas infelizmente não estarão lá. Sabemos que é um jogo importante e precisamos de foco. Vamos esquecer a torcida, pois é um jogo com margem de erro zero”, completou.

Quanto ao estilo de jogo a ser adotado, Doriva promete uma Ponte Preta agressiva. A presença de Orinho na lateral é justamente para prender os pontas adversários e incomodar o sistema defensivo do Bugre. “O Guarani é um time forte e qualificada. Vem tendo resultado, conseugiu acesso e precisa de respeito. Teremos atenção com o adversário, mas vamos propor o jogo”, concluiu.