A Ponte Preta segue dominando os dérbis no Moisés Lucarelli. Invicta desde 2009 em seu estádio, a Macaca utilizou da bola parada para superar o Guarani e sacramentar sua vitória por 2 a 0. Os gols foram marcados por Dawhan e Luizão.

O segundo tempo começou truncado e com poucas oportunidades para os times. O Guarani optou pelas entradas de Júnior Todinho e Pablo nos lugares de Murilo Rangel e Cristovam, respectivamente, mas sem respostas imediatas.

As duas primeiras chances na etapa final foram com Moisés. Aos 12 minutos, Moisés recebeu de João Paulo e ficou de frente para o gol de Gabriel Mesquita, mas foi travado em cima do lance pelo zagueiro Didi. Na sequência o camisa 21 tentou novamente, mas finalizou mal.

Com o Guarani exposto, Catalá tentou proteger o meio-campo com a entrada de Lucas Abreu na vaga de Arthur Rezende. Apagado, Giovanny também acabou sendo substituído por Renanzinho na tentativa de dar mais velocidade ao time.

Já no lado da Macaca, o interino Moreno tirou Neto Moura e Matheus Peixoto, pendurados com cartão amarelo, para dar velocidade com Luís Oyama e Guilherme Pato.

Aos 23 minutos, novamente em cobrança de escanteio de Lazaroni, a Macaca conseguiu ampliar com Luizão. O zagueiro tomou a frente do goleiro Gabriel Mesquita, que errou o tempo de bola, conseguindo finalizar em dois tempos para ampliar para a Ponte: 2 a 0.

O Guarani tentou uma reação imediata no minuto seguinte após cobrança de escanteio de Bidu. O lateral encontrou Didi na marca do pênalti e o zagueiro testou com força no ângulo, mas parou em espetacular defesa de Ivan Quaresma.

Aos 29 minutos foi a vez do goleiro bugrino se redimir. Após jogada individual de Moisés, o atacante pontepretano driblou a marcação e chutou forte no canto de Gabriel Mesquita que conseguiu se esticar e evitou o terceiro gol dos mandantes.

Ainda tentando uma reação nos minutos finais, Catalá promoveu a entrada do atacante Alemão na vaga de Deivid e mandou o time para o ataque.

Os minutos finais foram de mais faltas e poucas oportunidades. O Guarani não conseguiu criar chances para reação na partida enquanto a Macaca apenas controlou o relógio para registrar mais uma vitória em casa em dérbis.

Foto de Álvaro Júnior/Pontepress

Comente com seu Facebook