Dérbi 195 pode marcar despedida de Ivan Quaresma do clássico; goleiro pode igualar recorde de Carlos

0
Foto: Álvaro Júnior/Pontepress

Ivan Quaresma é um dos jogadores preferidos do atual elenco da Ponte Preta. Desde que subiu ao profissional em 2016 e se tornou titular no início do ano passado, o camisa 1 se destaca com boas atuações na meta pontepretana e chama atenção de grandes times.

ESPEL ELEVADORES

O ano de 2019 foi o da valorização de Ivan no mercado. Convocação para Seleção Olímpica e para o time principal de Tite, título em Toulon e liderança nas estatísticas de defesas difíceis.

Chamou atenção de Palmeiras, Corinthians e Grêmio. Provocou ofertas de times emergentes da Europa como Famalicão e Leganés, além do monitoramento de grandes equipes como Milan, Roma, Porto e Sporting.

Com parte dos seus direitos econômicos negociados com empresários, a permanência de Ivan é praticamente descartada para a próxima temporada. A Macaca espera lucrar pelo menos R$ 18 milhões com a saída do camisa 1 que estará nos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020.

DESPEDIDA?
Com a valorização no mercado, interesse de grandes clubes e a iminente saída de Ivan do clube, o dérbi 195 pode marcar a despedida do atleta do principal clássico do interior do Brasil. E Ivan ainda está invicto atuando contra o Guarani.

Ivan estreou no dérbi no ano passado, no Brinco de Ouro, na vitória de 3 a 2 contra o Guarani. Aliás foi neste jogo que ele sofreu os dois únicos gols da carreira do clube que foi responsável por iniciar sua formação como atleta nas categorias de base antes de subir para a Macaca. Depois passou ileso no empate do segundo turno da Série B de 2018 e nas duas vitórias deste ano.

Se não sofrer gols no sábado, Ivan pode igualar a marca do goleiro Carlos. O ex-arqueiro da Macaca ficou quatro dérbis sem sofrer gols entre 1980 e 1981. Também na década de 80, Carlos teve outras duas sequências de três jogos sem sofrer gols contra o Guarani.

No lado bugrino quem teve a maior sequência foi Tobias, com três jogos, na década de 70.

Comente com seu Facebook