Depois de vídeos polêmicos, Willian Rocha reafirma torcer por derbi

0

O zagueiro Willian Rocha protagonizou vídeos polêmicos depois que o Guarani escapou da ameaça de rebaixamento no Brasileiro da Série B.

ESPEL ELEVADORES

Na sexta-feira, após o Bugre confirmar a permanência na Série B com o empate em casa com o Luverdense, o zagueiro provocou a Ponte Preta. O vídeo editado pela TV Guarani tem mais de 13 minutos com os bastidores do último jogo do ano da equipe no estádio Brinco de Ouro. No final, Willian Rocha faz a primeira provocação. Acompanhe o trecho abaixo:

Na última segunda-feira, um novo vídeo gravado pelo próprio jogador seguiu a linha de projetar um possível derbi em 2018. Além de Rocha, outros atletas do Guarani estariam na gravação. Acompanhe:

No treino desta quarta, o zagueiro concedeu entrevista coletiva e falou sobre os vídeos: “Lógico que eu queria que o dérbi fosse na Série A. Pode ter certeza que, se a gente subisse para a Série A, eu ia querer que a Ponte continuasse na primeira divisão para ter um dérbi. É um jogo que todo mundo quer ver. No domingo vou estar torcendo para ter dérbi. Tenho amigos na Ponte Preta, mas, pela alegria de Campinas e para termos esse jogo bonito, a Ponte tem que cair, então vou ter que torcer para a Ponte cair para ter dérbi”.

Willian Rocha ainda explicou que as provocações fazem parte do futebol, que atualmente o esporte não tem mais declarações polêmicas ou “brincadeiras” entre os times. A intenção do jogador foi colocar um pouco de “tempero” na rivalidade histórica dos dois clubes da cidade. “Foi uma brincadeira que eu fiz. Ninguém gosta de comer comida sem tempero. Futebol está faltando isso. A gente vê o Vampeta, que brinca até hoje com o São Paulo. O Lucas Lima brincou até com o Palmeiras e hoje é o primeiro nome para ir para o Palmeiras. Futebol precisa disso, está muito mecânico, ninguém brinca com ninguém. Eu não vivi esse futebol chato. Sou do tempo de Edilson, Marcelinho Carioca. Cresci vendo esses caras, até um que está do outro lado, o Emerson Sheik, que trouxe alegria para o futebol. Sou admirador dele”.

O jogador ainda disse que recebeu ameaças pelas redes sociais mas disse não temer por algum tipo de violência.

Comente com seu Facebook