Depois de 32 dias, Guarani volta a campo com 5 mudanças entre titulares e novo comando técnico

0
Foto: Letícia Martins _ Guarani Futebol Clube

A parada na disputa da Série B por causa da Copa América foi transformadora para o Guarani. Vice-lanterna no nacional, a diretoria alviverde trocou de treinador pela terceira vez no ano, saiu Vinícius Eutrópio e entrou Roberto Fonseca.

ESPEL ELEVADORES

Em cerca de 20 dias de trabalho, o novo comandante procurou organizar à sua maneira o time, implantou um esquema de jogo diferente e tem postura bem característica: fala firme e pulso forte na hora dos treinamentos.

A chegada do treinador foi o estopim para uma considerável reformulação no elenco bugrino. Seis jogadores foram contratados: os zagueiros Bruno Silva e Luiz Gustavo, os meias Bady e Filipe Cirne e os atacantes Victor Feijão e Michel Douglas. Por outro lado, 6 atletas deixaram o clube: o goleiro Giovanni, o lateral Léo Príncipe, o zagueiro Thalisson Kelven, o meia Carlinhos e o volante Fabrício Costa, além do meia-atacante Mauteusinho que foi emprestado ao Grêmio. E há ainda a possibilidade de novas saídas, o zagueiro Xandão, o lateral-esquerdo Inácio e os meias Rondinelly e Felipe Amorim não foram relacionados para a partida desta sexta (12/07) contra o CRB e podem ser negociados ou ter o contrato rescindido de maneira amigável.

Na comissão técnica, mais uma mudança: o auxiliar técnico fixo do clube Marco Antonio foi embora e abriu espaço para a chegada de Thiago Carpini.

Entre os titulares, Roberto Fonseca alterou quase meio time. No gol, a saída de Giovanni abriu espaço para a disputa entre Kléver e Jefferson Paulino; o comandante ainda não confirmou quem será o titular. Nas laterais, nenhuma alteração: Lenon segue na direita e Armero continua pelo lado esquerdo. Na zaga, Ferreira segue entre os titulares, mas seu companheiro deve ser um dos reforços, Bruno Silva ou Luiz Gustavo.

No meio campo, Fonseca abandou a ideia de atuar com 3 volantes, como Eutrópio fez nas duas últimas rodadas. o volante mais marcador, Deivid, perdeu espaço no time e o treinador aposta em volantes que têm mais condições de sair para o jogo: Ricardinho e Igor Henrique. A ausência de um terceiro volante abriu espaço para Arthur Rezende atuar pelo meio-campo.

No ataque, pelo lado direito, Diego Cardoso volta a ter oportunidade entre os titulares e Éder Luís deve ganhar a disputa com o recém-contratado Victor Feijão na esquerda. Além disso, o comando ofensivo terá a estreia de Michel Douglas; Davó foi o escolhido de Eutrópio para a posição um mês atrás na derrota para o Coritiba.

Com cinco pontos, o Guarani sai da zona de rebaixamento se vencer o CRB por dois gols de diferença no Rei Pelé em Maceió.

 

Comente com seu Facebook