O Guarani está na final do Troféu do Interior.

O Bugre enfrentou a Inter de Limeira na manhã deste sábado, na Fonte Luminosa, em Araraquara, vencendo por 2 a 1 de virada. Os gols foram marcados por Waguininho, Geovane (contra) e Murilo Rangel.

Agora a equipe comanda por Thiago Carpini agora espera o vencedor de Botafogo e Red Bull Bragantino, às 21h, no Canindé, para saber quem vai enfrentar na próxima terça-feira na decisão.

O JOGO

O Guarani começou dominando os primeiros minutos do jogo, mas sem levar muito perigo ao gol de Rafael Pin. A equipe de Thiago Carpini apostava na triangulação entre Person, Crispim e Arthur Rezende, mas sem fazer a bola chegar nos atacantes.

Aos 10 minutos, a Inter investiu no primeiro ataque com perigo e finalizou de fora da área com Geovane, mas sobre o gol de Jefferson Paulino.

O jogo ficou ainda mais quente em Araraquara – onde tem calor de sobra -, a partir dos 20 minutos. Elacio exigiu defesa de Jefferson Paulino e no contra-ataque o Bugre respondeu com finalização de Bidu para defesa em dois tempos de Rafael Pin.

Aos 22 minutos, Jonathan cobrou escanteio, a defesa do Guarani ficou observando e Murilo Rangel testou firme para fazer o sexto gol dele na temporada em 11 jogos: 1 a 0 para a Internacional.

O Guarani passou a ficar desestabilizado na partida e a quantidade de faltas cresceu ainda na primeira etapa. Arthur Rezende e Romércio foram amarelos após faltas semelhantes em Murilo Rangel. O camisa 10 da Inter quase ampliou em cobrança de falta aos 40 minutos. Após soltar a bomba, a bola desviou na barreira e explodiu no travessão.

O segundo tempo voltou com um Guarani diferente na postura. O Bugre partiu para cima aos 15 minutos em contra-ataque iniciado por Júnior Todinho, ele serviu Waguininho e Geovane acabou cortando contra a própria meta: 1 a 1 em Araraquara.

O gol embalou o Bugre que seguiu atacando e conseguiu a virada dois minutos depois. Lucas Crispim puxou o ataque em velocidade pela direita e cruzou para Waguininho empurrar contra o gol de Rafael Pin: 2 a 1 para o Guarani.

Em resposta ao Bugre, a Inter partiu para o ataque e chegou duas vezes com perigo. Balardin puxou para linha de fundo e cruzou para o camisa 9 finalizar com o pé esquerdo para defesa de Jefferson Paulino. Depois foi a vez de Murilo Rangel cabecear com perigo, mas por cima do gol bugrino.

Foto de Ítalo Gabriel/Inter de Limeira

FICHA TÉCNICA

QUEM JOGA? Guarani e Inter de Limeira pela semifinal do Troféu do Interior 2020

ONDE? Fonte Luminosa em Araraquara

ESCALAÇÕES? O Guarani entrou em campo escalado por Thiago Carpini com Jefferson Paulino; Pablo (Wálber), Romércio, Bruno Silva e Bidu; Deivid (Marcelo), Eduardo Person (Lucas Abreu), Arthur Rezende e Lucas Crispim (Elias Carioca); Waguininho (Bruno Sávio) e Júnior Todinho. Já a Internacional, comandada por Elano, foi a campo com Rafael Pin; Elacio (Everton Sena), Roger Bernardo, Jean Pablo e Jonathan (Balardin); Matheus Neris (Hiago Ramiro(, Geovane (Recife) e Murilo Rangel; Airton, Lucas Braga e Tcharlles.

QUEM MARCOU? Murilo Rangel aos 22 minutos do primeiro tempo; Geovene (contra) e Waguininho aos 17 minutos do segundo tempo

QUEM APITOU? Lucas Canetto Bellote

QUEM TOMOU CARTÃO? Thiago Carpini (técnico), Lucas Abreu, Arthur Rezende e Romércio receberam cartão amarelo pelo Guarani; Elacio Córdoba e Geovane receberam pela Internacional. Lucas Balardin, da Inter, foi expulso.

PUBLICO E RENDA? A partida foi realizada com portões fechados por protocolo médico do Governo de SP e Federação Paulista de Futebol

Comente com seu Facebook