O técnico Daniel Paulista lamentou a nova lesão do zagueiro Carlão na partida contra o Brusque neste domingo. Após lesão no joelho contra o Remo, o atleta de 35 anos precisou ser substituído no primeiro tempo na goleada bugrina no Brinco de Ouro.

“Acredito que não tenha relação com a primeira lesão, vamos aguardar e claro que é uma perda considerável. A gente espera que ele esteja apto o mais rápido possível para nos ajudar nos próximos jogos”, disse Daniel Paulsita em entrevista coletiva.

O comandante bugrino saiu em defesa do departamento médico ao ser questionado se houve uma precipitação na volta de Carlão.

“A gente tem coerência, trabalhamos com dados e muita responsabilidade em tudo o que fazemos. O departamento médico é extremamente capacitado. O Carlão foi tratado da maneira correta, teve uma evolução muito grande e fez quatro sessões de treinamentos antes do jogo. Ele trabalhou de forma muito intensa. Todo mundo que trabalha com esporte de alto rendimento está sujeito a sofrer com lesões”, completou.

A escolha de Daniel Paulista foi pela entrada de Índio na vaga de Bruno Silva. Questionado sobre a pouca utilização de Titi, que entrou na reta final da partida, o treinador falou que confia no atleta, mas que está trabalhando no processo de amadurecimento.

“O Titi tem um potencial muito grande e está demonstrando isso. É um jogador que está sendo trabalhado para ganhar uma melhor condição. Quando o Carlão machucou nós entendemos que era necessário colocar um jogador mais rodado e experiente. Existe uma confiança muito grande no Titi e ele vai ganhar cada vez mais experiência nos próximos jogos”, encerrou.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook