O técnico Daniel Paulista buscou serenidade na entrevista coletiva do Guarani após a derrota para o Goiás na 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Bugre caiu para a sétima colocação e precisa vencer o Botafogo na última rodada, além de torcer por mais três combinações para chegar ao acesso.

“Estamos chateados por conta do resultado, mas o balanço do trabalho é muito bom. Atingimos muitas metas e ainda estamos com a possibilidade de chegar no acesso na última rodada. Vamos trabalhar em cima disso. O mais importante é que estamos diante de um Guarani fortalecido novamente e brigando por acesso”, disse Paulista na entrevista coletiva.

Paulista relembrou que o Guarani está entre as menores falhas salariais da Série B e citou a diferença de investimento com os concorrentes para exaltar o trabalho desenvolvido pelo grupo.

“O trabalho do Guarani foi muito bem desenvolvido. Nós temos uma distância de investimento muito grande. O nosso grupo tem uma das menores folhas, mas chega até a última rodada com chance de acesso. Existe uma dedicação muito grande dos atletas, o Guarani tem padrão de jogo definido e o nosso time está com a melhor campanha desde que voltou para Série B. É claro que queremos mais, mas conseguimos um passo importante nesse processo de reestruturação”, completou.

Em relação ao jogo contra o Goiás, Paulista exaltou o aproveitamento do adversário nas poucas oportunidades que teve e admitiu erros do seu grupo na partida.

“Acho que falhamos em momentos determinantes da partida e o adversário foi cirúrgico. O Goiás é um time que teve muito investimento e tem um dos melhores grupos da Série B. Acabamos sentindo isso, mas não deixamos de jogar e buscamos reagir o tempo todo. Infelizmente o aspecto decisivo não foi o melhor para nosso lado”, encerrou.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook