O técnico do Guarani, Daniel Paulista, admitiu que vai se reunir com Thales e Bruno Sávio para tratar sobre as expulsões na derrota para o Confiança na noite desta sexta-feira.

O Bugre vencia por 1 a 0 quando os dois atletas receberam o cartão vermelho. Em vantagem numérica, o Confiança conseguiu virar o jogo e deixou o time campineiro em situação delicada na briga pelo acesso.

“Estamos ainda de cabeça quente, chateados, mas é nítido que as expulsões foram determinantes. Vamos cobrar esses assuntos internamente depois de rever os lances com calma. Não queremos cometer nenhuma injustiça, mas os próprios atletas têm consciência que as expulsões dificultaram as coisas”, explicou o treinador.

Daniel Paulista ainda ressaltou que o jogo estava controlado favoravelmente ao Guarani, mas após os cartões vermelhos o time não conseguiu mais agredir o Confiança no campo de ataque.

“Infelizmente é uma noite muito desagradável porque a equipe vencia um jogo controlado, mas infelizmente após as expulsões o jogo virou e não conseguimos mais atacar. A equipe tentou segurar o resultado, mas com dois a menos a diferença é muito grande e os espaços para o Confiança apareceram”, encerrou.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook