Cruzeiro vence e freia sequência positiva da Ponte

0
Apesar da derrota, Ponte continua na terceira colocação da Série B.

Acabou a sequência de quatro partidas de invencibilidade da Ponte Preta na Série B. O time, que havia conquistado 10 dos últimos 12 pontos disputados, fez um jogo muito abaixo do esperado no Mineirão enquanto o Cruzeiro construiu a vitória por três a zero de maneira sólida e superior em praticamente toda a partida.

Com o placar, a Macaca estaciona nos vinte e um pontos e continua na terceira colocação da Série B (lembrando que a quarta colocada, Chapecoense com 19 pontos, tem dois jogos a menos). A vitória faz o Cruzeiro respirar fora da zona de rebaixamento, na décima quinta posição.

A Ponte Preta retorna para Campinas, onde no sábado (03/10), às 19 horas, recebe o Juventude.

O JOGO

Logo nos dois primeiros minutos, duas boas chances; a primeira um chute torto de Sassá e a segunda, da Macaca, com João Paulo que aparece na cara de Fábio e o goleiro afasta. Em casa, a Raposa tenta explorar o lado esquerdo do ataque. E é por este lado que os donos da casa abrem o marcador. Na cobrança de falta, Filipe Machado cobra próximo ao ângulo para colocar o Cruzeiro na frente.

A Ponte tenta responder rápido num cabeceio por cima de Wellington Carvalho. Mas o Cruzeiro é rápido no contra-ataque: Sassá quase amplia de cabeça. Não demora muito para o Cruzeiro consolidar o resultado positivo. Aos 30 minutos, Matheus Pereira encontra Arthur Caíke livre na área e o atacante chuta forte alto; dois a zero.

O time mineiro cresce ainda mais depois do segundo gol. Sassá e Régis, num mesmo lance, perdem a chance de fazer o terceiro. Depois, Airton manda de cabeça e a bola vai no travessão. A Macaca consegue equilibrar a partida e tentar construir algo apenas nos minutos finais do primeiro tempo, que termina com o Cruzeiro tranquilo à frente no marcador.

A segunda etapa começa equilibrada. A Ponte até tem ensaia uma reação, que dura pouco tempo. O time celeste novamente fica perto do terceiro: Régis corta para dentro e manda no cantinho; Ivan salva.

Aos 24, uma blitz dos donos da casa. Maurício para em Ivan, Sassá para na trave e Daniel Guedes também não vence Ivan. O goleiro da Macaca, inclusive, foi o nome do segundo tempo da Ponte, evitando uma goleada. Ele espalma uma bomba de Maurício, mas nada pode fazer quando Régis cruza na medida para Manoel cabecear pro gol.

A Ponte fica entregue no jogo. Jadson assusta o gol alvinegro. Mas, nos minutos finais, o Cruzeiro diminui o ritmo e espera o jogo acabar pra comemorar a quinta vitória na Série B.

FICHA TÉCNICA

QUEM JOGOU? Cruzeiro e Ponte Preta pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

ONDE? Estádio Mineirão em Belo Horizonte

ESCALAÇÕES? O Cruzeiro do técnico Ney Franco jogou com Fábio, Daniel Guedes, Ramon, Manoel e Matheus Pereira; Henrique (Rafael Luiz), Filipe Machado (Jadsom Silva), Régis e Airton (Caio); Arthur Caíke (Maurício) e Sassá (Marcelo Moreno). Já a Ponte Preta, comandada por João Brigatti, foi a campo com Ivan; Dawhan, Luizão, Wellington Carvalho (Alisson) e Ernandes (Guilherme Pato); Luís Oyama, Neto Moura (Danrley), João Paulo e Luan Dias (Guilherme Lazaroni); Bruno Rodrigues e Matheus Peixoto (Moisés).

GOLS? Filipe Machado, aos 13 minutos do primeiro tempo; Arthur Caíke, aos 30 minutos do primeiro tempo e Manoel, aos 32 minutos do segundo tempo.

CARTÕES? Airton, Wellington Carvalho e Jadsom Silva foram amarelados

QUEM APITOU? Francisco Carlos do Nascimento

PÚBLICO E RENDA? O jogo foi realizado com portões fechados

Comente com seu Facebook