Os oito primeiros jogos do Guarani como mandante na Série B justificam a campanha até o momento na competição. Foram duas derrotas, cinco empates e apenas uma vitória – diante do Criciúma bem no começo da competição.

Desde o retorno à Série B, o Bugre registrou campanha com aproveitamento inferior nos oito primeiros jogos da Série B apenas em 2019, quando conseguiu 47% dos pontos disputados.

Dos últimos 10 jogos no Brinco de Ouro, o Bugre venceu apenas a Ferroviária no Paulistão e o Criciúma na Série B. Além disso foram sete empates e duas derrotas. No último encontro, diante do Ituano, o revés por 2 a 0 deixou o torcedor frustrado.

Os dois próximos compromissos do Bugre dentro do Brinco será contra o líder Cruzeiro e diante do Bahia, terceiro colocado. Os 33% de aproveitamento como mandante na Série B colocam a equipe campineira como segundo time com pior campanha em casa, na frente apenas da Chape.

“A gente sabe da importância do fator casa e estamos incomodados com essa falta de vitória. O professor Mozart falou sobre criar uma identidade nova dentro do campeonato e isso passa também por melhorar nosso rendimento como mandante. Estamos angustiados de ver o Guarani, com uma camisa tão pesada, passando por essa situação. O momento é de trabalhar para evoluir”, analisou Eduardo Person.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook