Clube árabe interrompe negociações com fisioterapeuta, e Guarani deve manter base do DM

0

por júlio nascimento

Um dos principais pontos comemorados pelo Guarani na última temporada foi o funcionamento do departamento médico e de fisioterapia do clube. De acordo com balanço divulgado pelo clube foram 20 lesões registradas de abril até novembro, a menor marca do clube nos últimos anos.

O trabalho foi reconhecido pelo técnico Péricles Chamusca, atualmente no Al-Faisaly, da Arábia Saudita, que iniciou negociações com o fisioterapeuta Paulo Moreira, mas as conversas não avançaram.

Moreira trabalhou em conjunto com o Dr. Rai Alves Cruz liderando uma equipe de mais de dez funcionários do DM bugrino. A ideia do Conselho de Administração é manter a base com os mesmos funcionários e adequar os pedidos de melhorias na estrutura (ainda considerado deficitário).

O Guarani que também terá uma nova comissão técnica com a chegada do ex-trio do Corinthians: o treinador Osmar Loss, o auxiliar Coelho e o preparador físico André Galbe. Todos vão trabalhar em conjunto com os preparadores Narciso e Rafael Fragoso, além de outros funcionários fixos do clube.

Comente com seu Facebook