Chegada de Gustavo Bueno pode ser pontapé para novas dispensas na Ponte

0

O novo gerente de futebol da Ponte Preta, Gustavo Bueno, pediu 15 dias de trabalho antes de conversar com a imprensa. Experiente, o dirigente prefere observar com calma o elenco e os bastidores do Moisés Lucarelli antes de qualquer declaração ou ação que possa ser mal interpretada.

ESPEL ELEVADORES

Durante o início do trabalho, Bueno tem a missão de negociar reforços, mas também definir quais jogadores podem ser negociados ou até emprestados.

Todo o elenco da Macaca, com exceção ao meia Matheus Vargas têm contrato ao menos até o final da temporada. Vargas tem negociações avançadas para permanecer.

Isso não quer dizer que todos os jogadores vão cumprir rigorosamente o contrato com o clube alvinegro. Entre as possíveis saídas, Hugo Cabral e Tiago Real são jogadores que entraram na mira para defender outro clube.

Cabral, inclusive, não foi relacionado para os últimos 2 jogos da Ponte e não participou do treino desta quarta (16/04). De acordo com a assessoria, ele tem uma lesão muscular.

Já Tiago Real, chegou no ano passado, ainda não marcou gol com a camisa pontepretana e só perdeu espaço no time desde a chegada de Jorginho. Mas, vale lembrar, que após a final do Torneio do Interior, na reapresentação, Jorginho conversou muito com o jogador; num sinal de que ainda pode contar com ele para a sequência da temporada.

Comente com seu Facebook