Chamusca indica Nicolas e João Vitor, mas mantém dúvida no ataque: ‘Hyuri não está no nível físico’

0

O técnico Marcelo Chamusca praticamente confirmou a equipe da Ponte Preta que vai a campo nesta sexta-feira, às 19h15, contra o Goiás, pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O comandante pontepretano indicou as entradas de Nicolas e João Vitor, mas descartou a utilização de Hyuri no ataque.

A principal preocupação em relação ao atacante é condicionamento físico. Hyuri não atua desde o Dérbi 192 no dia 25 de agosto e abre espaço no sistema ofensivo. “Ele não está no nível físico ideal e vai ser opção para o decorrer do jogo. Será uma partida de força e estamos preparados para propor o jogo. É uma oportunidade de ganhar confiança e depois temos dois jogos em casa. Precisamos mexer na tabela, pontuar e pegar sequência”, explicou Chamusca.

Nicolas entra na vaga de Danilo Barcelos na lateral-esquerda enquanto João Vitor ocupa a vaga de Paulinho. No ataque, ao lado de André Luís e Berimbau, o jovem Matheus Vargas é a principal opção de Chamusca, mas Roberto também disputa a posição.

O provável time que será escalado para enfrentar o Esmeraldino tem Ivan; Igor Vinicius, Renan Fonseca, Reginaldo e Nicolas; Nathan, João Vitor e Tiago Real; André Luís, Junior Santos e Matheus Vargas.

Será a primeira vez que Chamusca vai participar de um jogo no Estádio Olímpico, em Goiânia, já que o Serra Dourada segue em reformas. “O Serra dá a impressão de ser um estádio maior, mas enfrentaremos um time que está confiante e terá o apoio do torcedor. Essa atmosfera contra pode ser usada ao nosso favor e se vencermos vamos adquirir a confiança necessária para o restante da competição”, finalizou o treinador.

Comente com seu Facebook