CBF rejeita pedido e Ponte Preta terá menos de 72h para descansar antes do Dérbi

0

A CBF rejeitou um pedido para alterar o horário da partida entre Ponte Preta e Flamengo, no dia 2 de maio, às 19h30, no Majestoso, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Com o Dérbi agendado para às 19h do dia 5, a Macaca terá menos de 72 horas de intervalo entre os jogos.

Uma ação de 2014 da juíza Milena Casacio Ferreira Beraldo, da 8ª Vara do Trabalho de Campinas, em conjunto com o Sindicato dos Atletas, defende o intervalo de 72 horas entre partidas de uma mesma equipe nas competições organizadas pela CBF. A entidade, no entanto, prevê um descanso de apenas 66 horas de acordo com o artigo 25 do Regulamento Geral.

Diferente da Ponte Preta, que terá pouco tempo de descanso, o Guarani jogará nesta terça-feira e depois terá um intervalo de dez dias de preparação para o clássico. Além do Flamengo no dia 2, a Macaca joga contra o Londrina, pela Série B, no próximo sábado.

E NOS TRIBUNAIS?
Além da questão do tempo, a Ponte Preta terá uma definição nesta terça-feira sobre a denúncia do Náutico ao STJD de que teria escalado jogadores irregulares na Copa do Brasil. O Timbu se apega ao artigo 214 do CBJD para dizer que Igor Vinicius e Junior Santos não poderiam jogar na quarta fase por terem assinado a súmula na primeira rodada como atletas do Ituano.

Comente com seu Facebook