O técnico Ricardo Catalá concedeu entrevista coletiva antes da partida contra o Brasil de Pelotas, neste sábado, às 11h, no Brinco de Ouro, pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O horário e o forte calor em Campinas são preocupações da comissão técnica antes da partida.

“É um horário que atrapalha você praticar um futebol de qualidade. Eu prevejo um jogo muito físico e um jogo duro porque o horário também é um adversário”, explicou o comandante bugrino.

Após somar quatro dos seis pontos disputados desde a chegada de Catalá, o treinador descartou a metodologia de minimetas, utilizada por seu antecessor Carpini.

“Eu não trabalho com minimetas porque te aproximam muito mais de não vencer as partidas do que de vencer. Nós jogaremos para vencer os jogos e um clube desse tamanho não pode ser diferente”, ressaltou.

Foto de David Oliveira/Guarani FC

Comente com seu Facebook