Carpini tenta minimizar momento adverso e exige recuperação em casa

0
Foto: Reprodução TV GFC

O técnico Thiago Carpini vive a primeira grande instabilidade no comando do Guarani. Depois da derrota em casa para o Paraná, o comandante fez mudanças significativas no time titular diante da Chapecoense, mas não conseguiu se recuperar na série B. A ideia principal em reforçar a defesa foi para buscar não tomar gols principalmente na bola aérea, o que acabou acontecendo no primeiro gol da Chapecoense. “A ideia era manter uma linha mais postada e não tomar bolas por dentro”.

A uma posição da zona de rebaixamento e depois de apenas uma vitória em 5 partidas, o treinador já deixou ares de decisão para os próximos 2 jogos contra Náutico e Oeste no Brinco de Ouro: “nosso campeonato é agora, sexta e segunda-feira. Estes jogos vão definir muito para o Guarani”.

Apesar do momento adverso, o treinador procurou não mostrar abatimento e se disse confiante no trabalho. “Eu não me sinto ameaçado porque procuro fazer o que for melhor pro Guarani e sei que a diretoria pensa da mesma maneira (…) Eu tenho certeza, nós vamos reverter, nós vamos dar o equilíbrio, vamos dar a volta por cima”.

O comandante avaliou como “boa” a estreia do goleiro Rafael Pin. Confirmou a negociação com o atacante João Paulo, revelado pelo São Paulo e que acabou de rescindir contrato com o Oeste.

Comente com seu Facebook