Carpini procura minimizar derrota e reconhece superioridade do Botafogo-SP

0
Foto: Letícia Martins - Guarani Futebol Clube

Depois da segunda derrota em casa sob seu comando, o técnico do Guarani, Thiago Carpini, reconheceu que o Botafogo foi a equipe que melhor marcou o Bugre dentro do Brinco de Ouro. “Acho que hoje falou um pouco mais de criatividade, um pouco mais de profundidade e sem dúvida o mérito também foi do Botafogo. Foi melhor, marcou forte e aproveitou as oportunidades que teve.”

ESPEL ELEVADORES

O comandante procurou não deixar o aspecto físico como desculpa. Vale lembrar que o Guarani teve apenas dois dias entre a última partida e este jogo. Para ele, o cansaço é para os dois lado, ainda mais porque o Botafogo ainda encarou uma viagem de retorno de Pelotas, no sul do Brasil. “Essa oscilação é natural, mas o mais importante é darmos uma resposta na sequência (…) hoje nós não fizemos uma de nossas melhores apresentações”.

Pela primeira vez, o treinador não teve seus 3 volantes titulares em campo. Apesar do desempenho do time estar ligado ao meio-campo, Carpini não justificou a derrota em cima das ausências, mas reconheceu que o tempo de preparação e a falta de ritmo dos reservas acabaram fazendo a equipe sofrer mais do que o previsto. “A lição que fica é que o nível de competitividade da Série B é muito grande. Ela (a competição) não aceita você não competir por igual”.

Comente com seu Facebook