Carpini escolhe Jefferson Paulino como camisa 1 e adota cautela sobre campanha do Guarani: ‘Primeiro é buscar a permanência’

0
Foto: David Oliveira - Guarani Futebol Clube

O Guarani estreia nesta quarta-feira, às 19h15, diante da Internacional, em Limeira, no Campeonato Paulista. O Bugre será comandado pela primeira vez no estadual pelo ex-zagueiro Thiago Carpini – responsável por comandar a arrancada da última Série B no segundo turno.

CAFÉ MORAES

“É importante a manutenção não só do comando, mas das ideias de jogo, das características de trabalho e do bom ambiente que tivemos no vestiário desde a reta final da Série B do ano passado até este momento. Estou muito contente com essas situações. Para um início, eu estou bem otimista e satisfeito com o que eles têm apresentado”, explicou Carpini em entrevista coletiva.

O treinador do Bugre adotou um discurso cauteloso sobre a campanha no Paulistão e falou sobre primeiro buscar a pontuação necessária para permanecer na elite do futebol paulista. O Guarani está no chamado ‘Grupo da Morte’ ao lado de Corinthians, Ferroviária e Bragantino – pelo regulamento não enfrenta estes times na primeira fase, mas concorre na pontuação com eles.

“Espero que possamos, não só iniciar bem, mas ter uma trajetória vitoriosa, sem muitos holofotes. Comendo pela beiradinha e com os pés bem no chão. Num primeiro momento, o nosso objetivo é atingir pontuação de permanência. Se pensarmos num primeiro momento e o primeiro objetivo, que é a permanência, talvez em dois ou três jogos tenha atingido 70% ou 80% do objetivo até buscar coisas maiores”, explicou.

Em relação ao time que vai iniciar a competição diante da Internacional, Carpini deve manter a base dos jogos-treinos de pré-temporada e Jefferson Paulino provavelmente iniciará a campanha como goleiro titular após a disputa com Matheus Cavichioli.

“É saber que todos são importantes e são peças fundamentais da engrenagem. Todo mundo precisa contribuir para a roda girar. Eu falo isso sempre para eles. É unidade e sem vaidade. Aqui não há mimimi, nem 11 titulares e 11 reservas. Temos um todo e um elenco”, finalizou.

O provável Bugre tem Jefferson Paulino; Pablo, Bruno Silva, Romércio e Thallyson; Deivid, Lucas Abreu, Giovanny e Lucas Crispim; Júnior Todinho e Rafael Costa.

Comente com seu Facebook