Campanha da Ponte como mandante é a segunda pior da Série B

0

Oito pontos. Foi o que a Ponte conseguiu conquistar jogando sob seus domínios nos oito jogos que realizou até agora no Brasileiro da Série B. São apenas 33,3% de aproveitamento jogando como mandante. Os outros 17 pontos dos 25 que somou até agora foram conquistados como visitante.

Em casa, a Macaca perdeu as partidas contra Paysandu, Londrina, Atlético-GO e Juventude. A Macaca empatou outras duas vezes diante do Oeste e do CSA. As duas únicas vitórias foram sobre Goiás e Fortaleza.

Boa parte deste recente retrospecto pode ser explicada pelas punições sofridas pelo clube e que fez o time só fazer uma partida em condições normais como mandante durante todo o primeiro turno da Série B. Apenas diante do Fortaleza, no dia 8 de julho, a Macaca jogou no Majestoso com a presença do seu torcedor (e também da torcida rival).

Nas seis primeiras partidas em casa, a Ponte cumpriu pena pela invasão de campo na partida do rebaixamento para a Série B no ano passado contra o Vitória no Majestoso. Punida pelo STJD, a equipe realizou os jogos com os portões fechados.

Em um destes jogos sem torcida (diante do Oeste no dia 2 de junho), um rojão atirado de fora para dentro do estádio caiu no gramado e o clube foi punido novamente, tendo que fazer duas partidas como mandante a uma distância superior a 100 quilômetros de Campinas. O primeiro jogo da pena foi cumprido na semana passada, quando o time perdeu para o Juventude em Araraquara. No próximo sábado, contra o Avaí, a Macaca encerra a participação no primeiro turno como mandante, mas novamente jogará novamente em Araraquara.