Camilo, Escudo, Fernando Gabriel… Ponte admite procura por camisa 10, mas mantém nome em sigilo

0

As especulações envolvendo o nome do novo camisa 10 da Macaca só aumentam. O time de Doriva procura um articular para comandar o meio-campo, carente do setor, mas mantém o nome do atleta em sigilo.

CAFÉ MORAES

Com Tiago Real improvisado na armação do meio-campo, a Ponte Preta avalia nomes como Camilo, Escudero e Fernando Gabriel, mas não realizou proposta por nenhum dos citados. O comandante do departamento de futebol, Ronaldão, age com pressa para encorpar a equipe na sequência da Série B.

A aposta da Macaca no primeiro trimestre era Daniel Freitas, ex-Botafogo e Coritiba, mas o atleta não rendeu o esperado e foi devolvido ao São Paulo. Léo Artur, ex-Corinthians, também foi decepção e acabou negociado com o Oeste.

O presidente Abdalla Junior confirmou com exclusividade no microfone da Rádio Bandeirantes AM 1170 que “três jogadores de envergadura da Série B” devem chegar nos próximos dias no Moisés Lucarelli, mas não detalhou sobre tais atletas.

Inicialmente, a ideia é contar com um jogador de nível de Série A que não esteja sendo aproveitado. Camilo, do Internacional, tem um salário muito alto e o empresário ainda avalia que o meia tem chances de atuar na elite do Brasileirão. Uma negociação de empréstimo só seria possível com a divisão dos salários, assim como Escudero, ex-Vitória, e Fernando Gabriel, atualmente no Catar.

Enquanto trabalha no mercado, a Ponte entra em campo neste domingo, 16h, contra o Vila Nova para manter a boa fase como visitante. Embalada após vitória contra o Guarani e o empate contra o Flamengo com direito a boa atuação, a tarefa da vez é o líder da Série B, também motivado por vitória no clássico contra o Goiás.

Comente com seu Facebook