Câmara de Campinas recua sobre bebidas alcoólicas nos estádios

0
Foto: Carlos Bassan

O projeto de liberar a venda de bebidas alcoólicas nos estádios Brinco de Ouro e Moisés Lucarelli foi retirado de pauta na Câmara de Campinas. As informações são da jornalista Rose Guglielminetti da TV e Rádio Bandeirantes.

ESPEL ELEVADORES

A proposta, criada pelo vereador Luis Henrique Cirilo, do PSDB, gerou polêmica e não avançou principalmente pelo veto da bancada evangélica. Parte dos vereadores alegaram inconstitucionalidade e  que o projeto estava à serviço da indústria cervejeira.

O projeto de Cirilo permitiria a comercialização de bebidas alcoólicas nos estádios de Campinas no pré-jogo das partidas, durante o intervalo e após o apito final. Tanto Guarani como Ponte Preta incentivaram a aprovação da proposta, mas não obtiveram sucesso.

José Carlos Silva, do PSB, era favorável ao projeto. “É muita hipocrisia vetar. A bebida é vendida livremente no entorno dos estádios”, explicou. Já Filipe Marchesi, do PR, admitiu que incentivou a bancada evangélica a votar contra. “Fui o primeiro a pedir a retirada da proposta e trabalhei muito para os vereadores apoiarem”, disse.

Comente com seu Facebook