O Red Bull Bragantino conquistou o bicampeonato do Troféu do Interior.

A equipe comandada por Felipe Conceição venceu o Guarani por 1 a 0 na noite desta terça-feira, na Arena Barueri, na decisão da competição. O gol foi marcado por Léo Ortiz.

O Bragantino garante R$ 360 mil como premiação e vaga direta na Copa do Brasil de 2021. Já o Bugre fatura R$ 100 mil (além dos R$ 200 mil pela 10ª colocação geral) pelo segundo lugar.

O JOGO

O Bragantino começou tomando iniciativa e apostando nas jogadas laterais com Edimar e Aderlan. No lado direito, Matheus Jesus recebeu em profundida e cruzou para Alerrandro bater para defesa de Jefferson Paulino. Depois, pela esquerda, Deivid escorregou após cruzamento, Alerrandro serviu Matheus Jesus e o volante finalizou com força, mas para fora.

O Bugre respondeu antes dos 15 minutos da primeira etapa com Lucas Crispim. O camisa 10 finalizou rasteiro e com força, mas sem direção. Depois foi a vez de Arthur Rezende tentar surpreender o goleiro Cleiton em cobrança de falta, mas a bola passou por cima.

Aos 20 minutos, o Bugre quase alcançou o primeiro gol após tabela de Lucas Crispim e Waguininho. O meia recebeu entre os zagueiros e finalizou forte com o pé direito, mas a bola explodiu na trave e não entrou.

O gol saiu aos 31 minutos da etapa inicial. Após cruzamento de escanteio, a defesa do Bugre afastou mal e Edimar colocou novamente na área. Deivid e Bidu não subiram e Léo Ortiz testou para o fundo do gol de Paulino: 1 a 0 para o Red Bull Bragantino.

O segundo tempo começou com o Guarani tomando a iniciativa da partida com Lucas Crispim recebendo de Bruno Sávio e batendo rente ao gol de Cleiton. O Massa Bruta respondeu com Alerrandro vencendo na corrida com Wálber e batendo sobre o gol de Paulino.

A situação do Guarani ficou ainda mais difícil na metade do segundo tempo quando Deivid recebeu o segundo cartão amarelo e acabou sendo expulso. Mesmo assim, Waguininho foi lançado por Giovanny e deixou Todinho na cara do gol, mas o atacante parou em grande defesa do goleiro Cleiton.

Com um a menos, o Guarani não conseguiu força para reagir e acabou sendo derrotado para o Red Bull – que conquistou o bicampeonato.

Foto de Ari Ferreira/RB Bragantino

FICHA TÉCNICA

QUEM JOGOU? Guarani e Red Bull Bragantino pela final do Troféu do Interior 2020

ONDE? Arena Barueri em Barueri

ESCALAÇÕES? O Guarani foi escalado por Thiago Carpini com Jefferson Paulino; Pablo, Walber, bruno Silva e Bidu; Deivid, Arthur Rezende (Elias Carioca) e Lucas Crispim; Bruno Sávio (Giovanny), Júnior Todinho e Waguininho. Já o Red Bull Bragantino, comandado por Felipe Conceição, foi a campo com Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Ryller (Vitinho depois Bruno Tubarão), Matheus Jesus e Weverson; Artur, Morato (Claudinho) e Alerrando.

GOLS? Léo Ortiz aos 31 minutos do primeiro tempo

QUEM APITOU? Edina Batista Alves

CARTÕES? Arthur Rezende, Matheus Jesus, Ryller, Bidu, Artur, Fabricio Bruno, Weverson e Deivid receberam cartão amarelo; Deivid ainda recebeu o cartão vermelho após o segundo amarelo aplicado

PÚBLICO E RENDA? Jogo com portões fechados por protocolo médico do Governo de São Paulo e FPF.

Comente com seu Facebook