O técnico Thiago Carpini segue dando sequência ao processo de preparação do Guarani para estreia da Série B do Campeonato Brasileiro.

No próximo sábado, fora de casa, o Bugre enfrenta o CSA, às 21hs, no Rei Pelé.

O principal desafio na competição nacional é diminuir a quantidade de gols sofridos originados da bola parada ou jogada aérea.

10 dos 17 gols sofridos no Paulistão nasceram da bola parada. 11 foram em jogadas pelo alto.

“Nós precisamos ajustar e melhorar rápido, né? Nós precisamos melhorar em muitas coisas, e a bola aérea é uma delas. No resultado adverso e na vitória, a gente sempre tem coisas que tiramos de lição”, explicou Thiago Carpini em entrevista coletiva.

Foto de David Oliveira/Guarani FC

Comente com seu Facebook