O Guarani teve um bom volume de jogo na partida contra o Vasco, na noite de ontem, em Manaus, na oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Líder em chances criadas na Série B, de acordo com números do Footstats, o Bugre novamente exigiu boa atuação do goleiro adversário e ainda acertou a trave com Giovanni Augusto.

Para o auxiliar Ben-Hur Moreira o volume de jogo é o ideal, mas ainda falta um melhor capricho na finalização das jogadas ofensivas.

“Quero parabenizar a entrega de todos os jogadores. Ainda está faltando esse último detalhe. Mas estamos criando e o volume de jogo é bom. O Chamusca vai conseguir trabalhar em cima disso e vamos evoluir na questão dos gols”, explicou em entrevista coletiva ainda em Manaus.

“Não podemos reclamar dos atletas porque eles se entregam muito durante a semana e durante o jogo também. Não deixam de acreditar e trabalham diariamente para melhorar o rendimento da equipe. Faltam pequenos ajustes para melhorar os resultados”, completou.

Moreira agora passa o bastão para Marcelo Chamusca. O novo treinador do Bugre terá uma semana para trabalhar até a partida contra o Sampaio Corrêa, dia 28, sábado que vem, em São Luís, no Maranhão.

“Eu agradeci ao grupo de jogadores pela dedicação que eles tiveram comigo neste período. Entrego ao Marcelo Chamusca um time com fome de melhorar. Entrego um time que não tem problema no vestiário, muito aberto para ouvir críticas e ajustar para sequência da Série B”, encerrou.

Foto de Paulo Bindá/Guarani FC

Comente com seu Facebook