Base perde espaço na gestão de Palmeron, e Guarani passa a apostar em jovens de outros clubes

0
Gabriel Ferrari / Guarani Press

por júlio nascimento

A notícia da negociação do trio Elias, Luan e Matheus, todos revelados pelo Guarani, ao Mirassol tem se tornado mais comum nos últimos meses no Bugre. Desde a posse do presidente Palmeron, em meados do ano passado, a base tem perdido espaço entre o elenco profissional do clube.

Os jogadores negociados com o Mirassol não são os únicos da lista… Recentemente, o atacante Lorran foi negociado com o Santos sub-23 e o lateral-esquerdo Salomão foi para o Atlético-PR sub-23.

A base titular do Guarani tem apenas um jogador revelado no clube: Bruno Mendes, que subiu em 2012, durante a gestão de Marcelo Mingone.

Oliveira (PSTC), Kevin (Cruzeiro), Everton Alemão (Caxias), Edson Silva (Corinthians-AL), Pará (Bahia), Willian Oliveira (Fluminense), Ricardinho (Goiás), Denner (ABC), Longuine (Juventude), Matheus Oliveira (Santos) e Mendes (Guarani-2012).

FALTA DE OPORTUNIDADES…
Negociados com o Mirassol, o atacante Elias chegou a atuar por cinco jogos na reta final da Série B do ano passado com o técnico Lisca, que classificou a escalação como necessidade devido as ausências de Paulinho, Rafael Silva e Eliandro na época. O volante Luan também jogou por 15 minutos contra o Fortaleza na primeira rodada da Série B, mas não voltou a ser escalado.

No atual elenco, o goleiro Passarelli e o lateral Bruninho são os principais nomes da base.

Passarelli foi escalado em uma única partida, na derrota para o Oeste, por 1 a 0, na primeira rodada da Série A2, mas depois foi preterido por outros nomes. Na saída do titular Bruno Brígido esperava receber mais atenção, mas a direção optou por contratar Rodolfo Castro (23 anos, ex-Atlético-MG), Georgemy (22 anos, ex-Cruzeiro) e Oliveira (36 anos, ex-Novorizontino).

Bruninho também aguarda mais oportunidades. O lateral de 20 anos era a terceira opção antes da saída de Lenon para o Vasco da Gama e espera por uma brecha do titular Kevin (que também tem 20 anos e pertence ao Cruzeiro) para receber novas oportunidades. A direção, entretanto, busca novas opções para a posição. Sem sucesso com Alemão, lateral do Internacional, o Bugre aguarda a chegada de Felipe Rodrigues para disputar a posição com Kevin.

JOVENS DE OUTROS CLUBES COM MAIS CHANCES…
Apesar de não garantir espaços para a própria categoria de base, o Guarani adotou a tática de apostar em jovens jogadores dos intitulados “clubes grandes”. Foi assim na Série A2 do Campeonato Paulista com as chegadas do zagueiro Lucas Kal (22 anos) e do atacante Pedro Bortoluzzo (21 anos), ambos do São Paulo. A dupla só havia jogada na base em Cotia e foi emprestada pelo time da capital para ganhar experiência, mas não renderam o esperado.

O mesmo ocorre agora com o jovem Matheus Oliveira (20 anos). Sem espaço na base do Santos, o meia foi emprestado ao Bugre para ter mais oportunidades e tem sido aproveitado após a saída do meia Bruno Nazário para o Atlético-PR. Outro atleta na mesma condição no elenco bugrino é o atacante Kauê (21 anos) que pertence ao Palmeiras.

A expectativa agora é pela chegada de Fabrício. O volante de 20 anos foi revelado no ano passado pelo Sport, mas não está sendo aproveitado pelo clube pernambucano por ainda estar inexperiente. O jogador foi repassado ao Bugre com contrato até o final do ano com a esperança de receber mais oportunidades.

EXCEÇÃO?
Como em toda regra há exceção, o técnico Umberto Louzer passou a dar mais minutos ao jovem Gabriel Poveda. Promovido pela falta de opções – após a lesão de Anselmo Ramon e a saída de Bortoluzzo -, a comissão técnica viu o destaque do centroavante no sub-20 e resolveu integrá-lo ao elenco até a regularização de Marcão (32 anos) e David Batista (28).

GESTÃO ANTERIOR…
Como comparação, o Portal CB fez um levantamento sobre jogadores da base que foram aproveitados na última gestão. Com o presidente Horley Senna, que ficou três anos no cargo, foram 11 jovens aproveitados na equipe principal. O goleiro Passarelli, o zagueiro Léo Rigo, os laterais Salomão e Bruninho, o volante Wesley, os meias Watson e João Guima e os atacantes Rai, Pedro Hulk, Lorran e Gabriel Rodrigues.

 

Comente com seu Facebook