O atacante Roger foi assunto em muitos grupos dos torcedores pontepretanos nesta segunda-feira.

A Macaca divulgou no sábado os resultados dos testes de Covid-19 no elenco e comunicou o afastamento temporário do preparador de goleiros Betão e do zagueiro Cléber Reis que tiveram resultados inconclusivos.

Já o atacante Roger e o volante Bruno Reis já estavam em quarentena porque tiveram contato com pessoas que testaram positivo no último mês.

No caso de Roger, sua esposa acabou testando positivo na primeira semana do mês, mas depois de cumprir a quarentena fez novo exame e não foi constatado mais nada. Ela permaneceu em isolamento durante o período.

O centroavante pontepretano fez dois exames para saber se foi infectado pelo vírus, mas ambos deram negativos. Ele aguarda uma contraprova nesta segunda-feira para ser reintegrado ao elenco já na reapresentação na quarta-feira.

No último domingo, em sua conta no Instagram, Roger publicou um stories participando de um culto na igreja evangélica Família da Fé e foi questionado pelos torcedores por que não estava cumprindo a quarentena solicitada pelo clube.

Em contato com a reportagem, Roger explicou que não recebeu orientação de quarentena, que o culto segue as orientações e protocolo da OMS, testou negativo nos dois últimos exames realizados e não desrespeitou nenhuma orientação do departamento médico.

O clube reiterou que não fez orientação para isolamento do camisa 9 e aguarda a contraprova nesta segunda para saber se ele será reintegrado já a partir de quarta. Cléber Reis e Betão seguem afastados.

Comente com seu Facebook