Árbitro de Ponte Preta x CSA aponta xingamentos de dupla da Macaca

0
Foto: Pontepress

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quarta-feira a súmula da partida entre Ponte Preta e CSA. O jogo terminou empate por 1 a 1 e teve duas expulsões pelo lado campineiro: Orinho e Paulinho.

O relatório do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva, da Federação Baiana de Futebol, aponta ofensas nos dois casos.

Paulinho foi expulso aos 20 minutos do segundo tempo, quando a Ponte Preta vencia por 1 a 0, após falta em cima de Niltinho. Ele recebeu amarelo por puxar a camisa do adversário, mas reagiu mal e acabou sendo expulso diretamente. Segundo o árbitro, o “atleta foi advertido por gesticular e protestar de forma grosseira (…) dizendo as seguintes palavras: caral**, por**, juiz fraco, seu babaca”.

Paulinho ficará suspenso nos dois próximos jogos, diante do Figueirense e Fortaleza, por ter tomado um cartão amarelo – ele entrou na partida pendurado -, e depois ter sido expulso de forma direta.

Já Orinho tomou o cartão vermelho nos últimos minutos da partida. Ele deu uma rasteira em Ferrugem e foi expulso direto. De acordo com a súmula de Dewson Fernando Freitas da Silva, o lateral ainda ofendeu o quarteto de arbitragem dizendo “vocês são fracos, por isso que o futebol está dessa forma, seus bostas”.

Orinho e Paulinho ainda serão julgados pelo STJD no prazo de 14 dias. A Macaca é o segundo time na Série B com mais expulsões em 12 rodadas. Foram quatro até o momento – atrás do Criciúma, com seis.