No início da semana o executivo da Ponte Preta, Alex Brasil, foi questionado sobre o futuro de Danrley.

Fora dos planos da comissão técnica da Macaca, o dirigente admitiu que o futuro do volante estava sendo debatido internamente.

Dito e feito.

Após se envolver em polêmicas na reta final da Série B – quando foi punido por frequentar casas noturnas durante a pandemia -, Danrleyfoi liberado pela diretoria pontepretana para defender o Palmeiras.

O atleta de 19 anos foi cedido para o Verdão, onde vai integrar o time sub-20, até dezembro.

Dona de 60% dos direitos econômicos do atleta, a Ponte Preta renovou o contrato de Danrleypor dois anos e cedeu ao Palmeiras a prioridade de compra em uma futura negociação.

A informação foi inicialmente divulgada pelo jornalista Heitor Esmeriz e confirmada pela reportagem do Portal CB.

Comprado em 2019 após passagem pelo Real Sport Club, Danrleydisputou 18 jogos pelo profissional da Ponte Preta e não marcou nenhum gol.

Foto de Álvaro Jr/Pontepress

Comente com seu Facebook