O volante Ricardinho se despediu nesta quarta-feira do Guarani. O atleta de 31 anos deixa o clube após 99 jogos, um acesso e um título da Série A2 do Campeonato Paulista.

Ontem, na final do Troféu do Interior contra o Red Bull Bragantino, o atleta ficou no banco de reservas com a camisa 100, mas foi preterido por Thiago Carpini novamente e não entrou em campo para alcançar a marca centenária de partidas.

Em suas redes sociais, Ricardinho se despediu dos torcedores e agora embarca para Recife onde vai assinar com o Sport e seguir sua carreira na Série A do Campeonato Brasileiro.

CONFIRA A NOTA DE RICARDINHO:

“99 jogos. Um acesso. Um título. Mais do que tudo isso, uma história de carinho, respeito, muita admiração e gratidão por esse clube que fez muito por mim e minha família.

Agradeço ao clube que está acima de tudo e todos. A todos os dirigentes, técnicos, comissões técnicas, staff e companheiros de trabalho que tive contato nesse período no qual fui muito feliz.

Reservo aqui também um agradecimento especial por todo reconhecimento vindo dos torcedores. Me identifico com cada um de vocês. Em todas oportunidades tentei representar o sentimento de vocês em cada jogo. Agradeço por todas as mensagens recebidas e por tanto carinho.

Um dos momentos mais marcantes para mim era jogar no Brinco e entrar com as crianças. O que ouvi da boca delas levarei para sempre no coração.

Queria simplesmente dizer que fui muito feliz no Guarani. Chorei, sorri, mas mais do que isso, aprendi e vivi momentos que pra sempre ficarão em minhas memórias.

Obrigado por tanto, Guarani. Você tem um espaço reservado em meu coração. Até breve!

Obrigado Jesus!

Se ao olharem para mim as pessoas enxergarem um pouco Ti, é sinal que minha missão foi, verdadeiramente, cumprida”

Comente com seu Facebook