Após experiências com Moreira e Brigatti, interino da Ponte não vive expectativa de ser efetivado

0
Foto: Antonio Luppi/Rádio Bandeirantes

por júlio nascimento

ESPEL ELEVADORES

A Ponte Preta vive a expectativa de anunciar o substituto de Mazola Júnior antes da partida deste sábado, contra o São Paulo, no Majestoso. A prioridade da diretoria é de repatriar Gilson Kleina, responsável por comandar a Macaca na reta final da Série B, mas ainda precisa de um acerto financeiro com o alvo e também com o último comandante.

A tendência é que o auxiliar João Paulo Sanches, de 38 anos, comande o time diante do Tricolor neste sábado. Mas apesar das experiências recentes com Felipe Moreira e João Brigatti, auxiliares que acabaram promovidos no Majestoso, Sanches não vive a mesma expectativa.

O profissional chegou a ser efetivado como treinador no Atlético-GO e ficou em Goiânia por quase duas temporadas entre 2017 e 2018. Foram 28 jogos com 9 vitórias no Dragão, mas depois optou por voltar ao cargo de auxiliar e aceitou o convite para trabalhar em Campinas no ano passado.

A experiência de João Paulo deixa a diretoria da Ponte Preta com mais tempo para trabalhar. O objetivo é acertar com o novo comandante ainda neste final de semana pelo tempo curto de disputa do Campeonato Paulista e também pela estreia do time na Copa do Brasil semana que vem.

Sendo Gilson Kleina ou outra opção, o presidente Abdalla confirmará sua sétima troca de treinador em 13 meses de gestão.

Comente com seu Facebook