Após derrota na estreia, Roberto Fonseca não descarta mudanças no time e fala em “corrigir erros”

0
Foto: Letícia Martins - Guarani Futebol Clube

O estreia do técnico Roberto Fonseca no comando do Guarani não foi da maneira como ele esperava. Marcado por uma dose extra de otimismo, pelo trabalho e resultados obtidos na intertemporada, o início da trajetória do comandante à frente do Bugre deixou a desejar. O Guarani foi presa fácil diante do CRB, não conseguiu dominar o jogo e vai passar mais uma rodada na vice-lanterna da Série B depois de sofrer a sexta derrota em 9 jogos na competição. “A oscilação durante o jogo é o que incomodou, da gente ter feito bons momentos, momentos não tão bons também e algumas coisas que a gente tem que corrigir”, disse Fonseca.

ESPEL ELEVADORES

O treinador confirmou que a correção de erros pode incluir a troca de titulares, mas preferiu não falar em nomes logo após a derrota. Fonseca também não lamentou de maneira incisiva a ausência do zagueiro Bruno Silva, que tem uma pendência judicial com o Vasco e não atuou, mas reconheceu que o reforços poderia ajudar numa mudança de dinâmica ao longo dos 90 minutos.

Na prática, o Guarani pode ter duas trocas, independentemente da escolha do treinador: “Nós já teremos mudanças, nós perdemos por cartão amarelo o Ricardinho. Teremos que avaliar o que aconteceu com o Armero, no departamento médico, pra ver aquilo que realmente aconteceu. Eu acredito que alguns ajustes serão necessários, importantes. Nós temos a semana toda para trabalhar e que a gente possa fazer estes ajustes e correções o mais urgente possível”.

Apesar do momento ruim, Roberto Fonseca falou novamente que é necessário que a torcida dê apoio ao time neste momento tão delicado.

Confira, a seguir, a entrevista de Roberto Fonseca ao repórter Marcos Luiz da Rádio Bandeirantes:

Comente com seu Facebook