Após acompanhar classificação no camarote, Brigatti promete evolução na Ponte Preta

0

O técnico João Brigatti era esperado na beira do gramado no confronto entre Ponte Preta e Vila Nova, mas acabou acompanhando a classificação da equipe nos pênaltis através dos camarotes após um problema na regularização e contato com a CBF.

O comandante da Macaca ressaltou a importância da vitória diante da sequência negativa, além da premiação de R$ 1,5 milhão para disputar a terceira fase da Copa do Brasil – o adversário será o Afogados de Pernambuco.

“Nós precisávamos dessa classificação porque o nosso time estava sofrendo com os últimos resultados e isso gerou uma ansiedade. Os erros foram se acumulando por esse aspecto. Conseguimos a vitória nos pênaltis e isso vai ajudar na recuperação do moral”, explicou.

Apesar da vitória nas penalidades, o comandante alvinegro garantiu que a postura da equipe vai mudar nos próximos jogos. “Muita coisa precisa mudar aqui. A Ponte Preta não vai ficar nesse marasmo e comportamento porque nosso torcedor não permite. Hoje eles nos apoiaram e serão compensados com isso. Hoje foram 2.400 torcedores, no próximo 3.500, depois 5.000 e vamos nos recuperando”, reiterou.

O objetivo alcançado de avançar para terceira fase também foi comemorado por Brigatti pelo aspecto financeiro. “A parte financeira pesa muito na atual situação dos clubes no Brasil. Isso ajuda, mas também precisamos lembrar que para os atletas é importante avançar porque eles terão dois jogos de terceira fase e isso dá visibilidade. O mais importante é que continuaremos buscando melhorar e lutaremos para avançar mais ainda”, finalizou.

Comente com seu Facebook